< Katie McGrath Brasil – Milene
16.04.18
Entrevista: Co-Diretora fala sobre atritos entre Kara e Lena na volta de Supergirl.

No último episódio de Supergirl, antes da série entrar em um hiatus de 9 semanas, Lena Luthor percebeu que sua amiga, e funcionária, Sam era realmente a Worldkiller Reign. Agora, com Supergirl retornando hoje, parece que esse conhecimento, assim como outros segredos, pode causar problemas entre Lena e Kara.

Em entrevista à TV Line, a co-showrunner Jessica Queller disse que a situação com Sam cria algo como um triângulo entre as amigas, uma dinâmica “desafiadora” para Lena e Kara – bem como sua identidade de Supergirl.

“Uma coisa com a qual nós focamos muito nos próximos episódios é o triângulo entre Lena, Kara e Supergirl, porque Lena tem um relacionamento muito diferente com Kara Danvers do que com a Supergirl. Algo que nunca havíamos feito antes e o que estamos examinando e estamos empolgados para os próximos episódios é que Lena e Supergirl estão em conflito com certas coisas e um pouco irritadas umas com as outras, mas Lena e Kara são melhores amigas. Lena se sente a mais próxima de Kara do que de qualquer outra pessoa no mundo, então Kara está repentinamente nessa posição onde vive duas vidas com uma de suas melhores amigas, e, embora tenhamos sempre que ver a Supergirl manter uma dupla identidade, se torna muito pessoal quando se volta para Lena e é muito desafiador para Kara, então estamos realmente interessados ​​nessa dinâmica”, disse Queller.

Mas não é só Reign que poderia criar problemas entre Kara e Lena. Houve épocas anteriores em que o trabalho de Lena entrou em conflito com a Supergirl. Na última temporada, quando Lena criou um dispositivo para determinar se alguém era humano ou não, ela encorajou Kara a testá-lo. É um momento que poderia ter mostrado Kara como uma alienígena, mas também arruinou completamente a amizade delas antes de realmente começar. Agora, parece que algo, em que Lena está trabalhando, terá um confronto difícil entre as duas mulheres que, em qualquer outra circunstância, são amigas íntimas.

“Em um próximo episódio, há uma grande revelação de que Lena tem algo em seu laboratório que vai enfurecer a Supergirl e o DEO e isso se transforma em uma batalha épica entre as duas mulheres: Lena e Supergirl. Eu não quero perder isso.”, completa Queller.

A ideia de um triângulo onde Kara é tecnicamente dois dos lados é algo que McGrath mesmo provocou, no ano passado. McGrath disse à TV Line que é importante que Lena não saiba que Kara é a Supergirl, mesmo que isso crie uma situação complicada.

FONTE: ComicBook

 

18.01.18
Através da Tempestade – Curta-metragem produzido por Sean McGrath e estrelado por Katie Mcgrath

Sean McGrath, irmão de Katie, em 2012 produziu um curta-metragem onde Katie fez a dublagem das duas  personagens principais: Alice e uma Banshee.

O drama sombrio foi produzido em Dublin (Irlanda), dirigido e escrito por Fred Burdy e  ganhou vários prêmios.

História:

Alice é uma mulher que quer trazer seu marido morto de volta à vida, mas para que isso aconteça, ela terá que contar com a ajuda de uma Banshee para chegar ao vale dos mortos e enfrentar suas consequências.

Premiações:

Melhor animação de 2012 no California International Shorts Festival
Melhor animação no Los Angeles Arthouse Film Festival
Melhor animação no California Film Awards
Melhor animação no NYLA Film Festival

Assista ao curta-metragem legendado:

20.12.17
Leading Lady: Filme + Legenda em Português

Nossa equipe recebeu muitos pedidos de legenda para o filme Leading Lady e, como não tem a legenda oficial em português, eu fiz a legenda para vocês.

1- Caso algum link ou arquivo não esteja funcionando ou tenha dúvidas, entre em contato pelo twitter @mcgrathbrasil  ou @thestormwoman
2- Não é uma legenda oficial. Qualquer erro de sincronização (por mais que eu tenha testado 10x) ainda pode ter alguns erros então qualquer coisa nos avise também para que eu possa arrumar (já pedindo desculpas). Lembrando que só fiz a legenda para o filme em 1080p, não testei em outras resoluções.

LINKS PARA DOWNLOAD:

Torrent + Legenda (PT-BR): Clique aqui

Download direto do filme + Legenda (PT-BR): Clique aqui

 

Em nossa galeria você também encontra todas as imagens relacionadas ao filme:

INICIO > • FILMES | MOVIES > 2014 – LEADING LADY

KRBRLLADY2012ST-012.jpg KRBRLLADY2012ST-006.png KRBRLLADY2012PR-006.jpg KRBRLLADY2012BTS-002.jpg

11.12.17
Marie Claire UK 2013 – A jovem que é uma Vampira

Na edição de Outubro da revista Marie Claire UK em 2013, Katie concedeu uma pequena entrevista antes de sua estréia na série Drácula. Confira abaixo a tradução, scans e photoshoot da edição da revista: 

A estrela de uma nova adaptação de Drácula: Katie McGrath, com sangue falso, cheia de açúcar e duvidosas tatuagens.

Quem é seu personagem de terror favorito?

Sempre foi o Drácula. Ele é elegante, se veste perfeitamente e é completamente sexy. Pode me dar ele ao invés do Frankenstein quando quiser.

Jonathan Rhys Meyers faz jus a ele?

Juro que é como Bram Stoker há cem anos. Você não conseguir melhora elenco. Conheço Jonathan há anos, mas ele ainda conseguiu me aterrorizar. Não consegui tirar as imagens dele cobertas de sangue da memória.

Sangue falso – divertido ou estranho?

É revoltante. É feito de açúcar e, quando você come isso o dia todo, você se sente como uma criança indulgente em uma festa de aniversário. Ele também gruda por toda parte. Eu encontrava camadas dele no meu cabelo depois das filmagens.

Você tem alguma opinião sobre os trajes da sua personagem, Lucy Westenra?

Eu disse ao nosso figurinista que eu não uso rosa. Então, no meu figurino, meu de vestido estava cheio dessa cor. Lucy gosta de ser o centro das atenções, então nos ajustamos a isso. Até mesmo embalou um rosa bem vivo brilhante e laranja ao mesmo tempo.

No fundo, você é um pouco gótica?

Há algumas fotos minhas com cabelo e maquiagem gótica que espero que nunca apareçam. Quando eu tinha 17 anos eu trabalhava em um estúdio de piercing/tatuagem e eu tinha meu nome em grego tatuado nas minhas costas, que significa “pureza”. Eu sempre me esqueço até eu ir para o no chuveiro e fico ‘O quê?’.

Você está preparada para o Halloween?

É minha época de festas favorita. Você pode usar fantasias ridículas e comer doces. Como não gostar?

LINKS DA GALERIA:

Scans:   REVISTAS E JORNAIS | MAGAZINES SCANS > 2013 > MARIE CLAIRE UK

KRBRMagazine-001~17.jpg KRBRMagazine-002~9.jpg

Photoshoot: ENSAIOS FOTOGRÁFICOS | PHOTOSHOOTS & PORTRAITS > 2013 > MARIE-CLAIRE (UK)

KMBR2013-008.jpg KMBR2013-003.jpg  KMBR2013-002.jpg KMBR2013-005.jpg

Dracula Screencaptures:  SÉRIES | TV SHOW > 2013 – DRACULA

KMBRDC101-0068.jpg KMBRDC101-0089.jpg KMBRDC104-0022.jpg KMBRDC110-0053.jpg

08.12.17
Katie McGrath espera que Lena não se torne má em Supergirl

Com seu sobrenome sendo Luthor, os fãs de Supergirl se perguntam quase desde a introdução do personagem quando Lena Luthor iria se juntar ao resto de sua família e se tornar má. A atriz Katie McGrath, no entanto, espera que isso seja algo que nunca aconteça.

McGrath disse ao ComicBook recentemente que, embora seja muito possível que Lena tenha uma mudança mais maldosa, ela espera que o futuro de seu personagem seja diferente.

“Eu gostaria que fosse diferente. Eu não acho que seja o que você está esperando, porque nunca é o que você espera. Eu acho que eles fizeram ela tão simpática, acho difícil pensar como finalmente o lado mal do Luthor ela poderá ter”

Enquanto Lena continua a ser uma das pessoas boas no momento, os fãs passaram a ter uma amostra do lado malvado de Lena aparecendo no episódio “Damage”, ao saber que Morgan Edge havia envenenado as crianças para que parecesse que seu dispositivo, que salvou o mundo da invasão dos Daxamites, parecesse ser culpa dela. Lena foi ao escritório dele com a intenção de matá-lo. Poucos fãs a culpariam por puxar o gatilho e esse tipo de simpatia é o que McGrath diz fazer os melhores vilões. Isso lhe dá alguma esperança de que o lado mau de Lena seja bem tratado.

“Sempre os melhores vilões são aqueles com quem você simpatiza, são os que você entende. Em Thor, Loki é um cara mau, mas qual é!. Os melhores vilões são aqueles que têm muita humanidade e muita simpatia, então eu sinto que esses escritores são muito talentosos. Eles provavelmente ficarão com isso e tenho dito.”

Enquanto isso, há outras situações para que Lena lide com isso que não necessariamente é nada mais além do que ser uma boa amiga. Mon-El retornando, além de virar a vida de Kara de cabeça para baixo,  por sua vez, impactará em Lena também.

“Para começar, Kara é sua melhor amiga e o amor da vida dela acabou de voltar. Então, isso vai impactar em todos, eu acho.”

08.12.17
Katie McGrath sugere um “relacionamento pessoal” para Lena e James

Fãs do SuperCorp podem se preparar: parece que Lena Luthor estará passando um tempo individualmente com alguém, além da Supergirl .

Isso seria com James Olsen, anteriormente o chefe da CatCo e agora alguém que trabalha para Lena após sua aquisição da empresa. Apesar dos atritos em seu trabalho, o que poderia ser mais interessante, nos episódios que estão por vir, é como eles se interagem em um nível pessoal, de acordo com a atriz Katie McGrath.

“É difícil para James com Lena entrando e possuindo a empresa com ele sendo o chefe e, agora, ele é mais o chefe, mas ainda é um tipo de chefe. Você tem esse tipo de antagonismo entre nós dois que ainda não estamos certos do que somos em nossos papéis profissionais. E, em seguida, mergulhou em cima disso, obviamente, é a diversão adicional de profissionais ficando um pouco um pouco sombrio por causa de seus  sentimentos pessoais. Então, acredito que, à medida que a temporada continua, isso vai mais a fundo e não quero dar nenhum spoiler. É esse tipo de dinâmica entre encontrar relacionamentos profissionais e pessoais”. McGrath disse aos repórteres durante uma recente visita ao set.

Isso, é claro, não promete romance, mas é provável que os fãs tenham que deixar isso rolar assim – e como alguém que estava ali na sala, foi assim que pareceu soar.

Quando Lena entrou pela primeira vez e assumiu a empresa, houve um estranhamento instantâneo entre os dois: James (relutantemente) ofereceu seu espaço, que Lena rejeitou a favor de ter um lugar mais informal e “variável” no escritório – muitas vezes em torno de Kara, é claro.

 

Fonte

06.12.17
Katie Mcgrath fala sobre mulheres no cinema e Supergirl

Esse foi um ano de destaque para mulheres no cinema. Das Amazonas em Mulher Maravilha até a mudança de cena de Tessa Thompson como Valkyria em Thor: Ragnarok, é claro que as mulheres finalmente conseguiram seu reconhecimento no mundo dos super-heróis no cinema. Os fãs de Supergirl e The Flash podem ter visto isso já, pois ambasas séries tem personagens femininas muito fortes, uma delas é a de Katie Mcgrath, como Lena Luthor, que sentou-se com a gente para conversar em nossa visita ao set de filmagens de Supergirl.

A personagem de McGrath é uma parte vital do elenco feminino principal de Supergirl. Tentando viver além do legado de sua família malvada, Lena é uma personagem inteligente, competente e complexa. Durante a nossa visita, McGrath contou sobre como ela vê o cenário dos filme mudar e que as mulheres poderosas na TV influenciaram isso.

“Sinto que há muitas personagens femininas muito fortes na TV no momento. Especialmente no universo DC, temos ótimas mulheres. Eu acho que isso ajuda as pessoas a abrir a idéia de que uma mulher pode ser mais do que uma companheira ou o interesse amoroso. As pessoas estão dispostas e ansiosas para ver super-heróis liderados por mulheres em filmes e dramas. Eu acho que a TV ajudou isso. Acredito que estamos em uma nova era em que a TV é líder de filmes e não o contrário. Eu acho que isso é bom para todos nós “.

Quando se trata de saber se a Luthor de Katie tem alguma idéia sobre os super-poderes de sua melhor amiga, Katie tem uma resposta definitiva:

“Não. Definitivamente, não. Sou muito questionada sobre isso e minha resposta ainda é a mesma. Se você pode acreditar em uma série sobre alienígenas e que uma garota pode voar, então você pode aceitar que eu não sei que elas são a mesma pessoa. E se todos conhecerem seu segredo, ela deverá ser a Supergirl o tempo todo. A grande coisa sobre a série  é que ela é uma das duas e ela pode ser vulnerável e humana comigo, ela nem sempre tem que ser a heroína, para a história é a coisa mais convincente de se assistir, ver alguém ser vulnerável”. McGrath explicou.

Quanto a quando veríamos Lena passar algum tempo com as outras mulheres fortes de Supergirl, bem, os fãs não precisaram esperar muito tempo por um episódio onde vemos as meninas se juntarem paea um tempo de lazer.

“Foi realmente ótimo, na verdade, porque é muito raro isso. Todas nos conhecemos fora da série, mas é muito raro que possamos interagir juntas, especialmente eu depois da última temporada, quando eu estava muito separada. Essa era a única coisa que eu desejava nesta temporada, interagir com os diferentes membros do elenco e essa foi realmente a primeira vez, sem discutir. O que é bom é que você começa a ver pedaços de normalidade. E você vê um pouco sobre Lena, Sam e Kara no episódio 3×05”. McGrath lembra com carinho.

Fonte

17.11.17
McGrath fala sobre a necessidade de Kara ter uma identidade secreta.

A identidade secreta de um super-herói é tão parte da construção do personagem quanto seus superpoderes, e a estrela de Supergirl, Katie McGrath, acredita que Kara Danvers com identidade civil, agrega algo inédito a garota de aço: a chance de ser vulnerável. McGrath recentemente expressou sua opinião sobre Supergirl e o alter ego moderado da personagem, enquanto também falou das preocupações sobre se sua personagem, Lena Luthor, já deveria ter descoberto que sua amiga é a protetora kriptoniana de National City. Como ela disse, há uma boa razão pela qual a membro da família Luthor ainda não percebeu e porque é tão importante para a série e para a personagem que a identidade de Kara Danvers continue a estar lá para a Kara Zor-El.
Os comentários foram feitos durante uma visita recente do Screen Rant aos estúdios de Supergirl, onde McGrath falou sobre o papel de Lena na terceira temporada da série e conversou sobre quantas vezes ela foi questionada se sua personagem finalmente saberá sobre o segredo de Kara. Acontece que McGrath acredita firmemente na identidade secreta da Supergirl e sugere que aqueles que acham que seu disfarce é suspeito, partilham da mesma crença que os permitem gostar de uma série sobre uma alienígena que voa e tem visão de calor.

“Não. Apenas não. Me perguntam muito isso e minha resposta ainda é a mesma. Há algumas coisas: Se você pode acreditar em uma série sobre alienígenas e uma garota que pode voar, então você pode acreditar que eu não sei que elas são a mesma pessoa. Você tem que aceitar. E também, se todo mundo souber o segredo dela, então ela terá que ser a Supergirl o tempo todo e boa parte da série é sobre o fato dela ser as duas pessoas, entende? Ela pode ser vulnerável e humana comigo. Ela não tem que ser sempre a heroína. E, para uma história, acho que a parte mais intrigante de assistir é ver alguém ser vulnerável. E por ela não ter que ser a Supergirl o tempo todo, você pode vê-la como um personagem vulnerável.”

Aceitar que Lena não sabe que Kara e Supergirl são a mesma pessoa parece um pedido fácil e razoável para quem deve saber uma coisa ou outra sobre o que se passa na cabeça da Lena Luthor. Mas a segunda parte do discurso de McGrath é uma razão convincente sobre o porquê é importante para a personagem ser capaz de alternar entre Kara e Supergirl: Permite que ela seja mais humana, dar a Kara e a Supergirl a chance de mostrar um outro lado dela mesma e, ao menos por um momento, colocar de lado o peso do “S” e ver o mundo como uma pessoa sem poderes.

Sem dúvidas, sempre haverá fãs descrentes que um par de óculos e um rabo de cavalo são suficientes para que o mundo não descubra a identidade secreta de Supergirl, mas McGrath não está errada quando pede que os telespectadores considerem o tipo de programa que estão assistindo antes de acharem tão absurdo.

Afinal de contas, se você está disposto a acreditar que uma garota pode voar, então acreditar na eficiência de um disfarce barato pode ser fácil.

Layout criado e desenvolvido por Lannie.D // Katie McGrath Brasil