Katie Mcgrath Brasil

Bem vindos ao Katie McGrath Brasil, o primeiro fansite brasileiro dedicado a atriz Irlandesa Katie McGrath. Conhecida por seus trabalhos em várias séries e filmes como "Merlin", "Drácula", "Slasher" e atualmente na série "Supergirl" como "Lena Luthor". Nosso objetivo é trazer notícias e novidades sobre a Katie. Não deixe de confirir nossa galeria e seguir nosso Twitter para mais novidades.
Supergirl: Katie McGrath explica o ‘único caminho’ que Lena e Kara podem usar e reparar a amizade.

Supergirl: Katie McGrath explica o ‘único caminho’ que Lena e Kara podem usar e reparar a amizade.

Confira abaixo a tradução da entrevista que o TVLine fez com a Katie McGrath:


Antes dos melhores e mais brilhantes heróis do Arrowverse se juntarem para salvar o(s) mundo(s), Supergirl está lidando com uma crise igualmente devastadora: a amizade afundada de Kara e Lena. Quando vimos pela última vez as melhores amigas em apuros, Lena estava envolvendo Kara em uma prisão de gelo – uma metáfora para sua nova dinâmica fria.

“Essa cena foi o ápice da história de Lena nesta temporada. Imagine como seria perceber repentinamente que todos acreditaram na pior coisa que você pensou sobre si mesmo – seu medo mais profundo e sombrio. Ela está fingindo que está brava a temporada toda, mas ela não está brava, está machucada. Ela está desmoronando de dor e o que você viu no episódio 5.07 foi o momento em que Lena finalmente se quebrou.”, disse Katie McGrath à TVLine.

Abaixo, McGrath detalha as brigas de Kara e Lena, incluindo sua teoria sobre o “salto de fé” necessário para reunir as duas:

TVLINE: Eu tenho que começar dando parabéns pelo seu desempenho na semana passada.

Obrigada! Foi um longo dia para filmar isso e parte de mim acha que vou ter TEPT (transtorno de estresse pós traumático) se assistir novamente. Melissa Benoist é uma atriz tão surpreendente, então eu sinto que estou tentando acompanhá-la a maior parte do tempo. Sua performance naquela cena foi de partir o coração. Foi um dia, é basicamente o que estou dizendo. Foi um dia.

TVLINE: Você já esteve na Fortaleza da Solidão antes? Isso deve ser surreal.

Não, eu nunca estive nela! É tão icônico. É um daqueles cenários em que você entra e realmente sente que está entrando um pouco mais na história da DC. De repente, você faz parte dessa história que se estende durante todos esses anos. Esse cenário significa mais do que qualquer outro, eu acho.

TVLINE: Eu vi algumas pessoas tuitando que viram uma tonalidade de sua personagem em Merlin, Morgana, em Lena nesta semana.

(Risos) Eu não consigo evitar, continuo interpretando todas essas mulheres maravilhosamente poderosas que estão um pouco quebradas. Eu não sei o que há em mim porque continuo sendo contratada com essas personagens emocionalmente afetadas, mas externamente fortes.

TVLINE: Como você descreveria o relacionamento de Kara e Lena no momento?

Elas estão nos dois lados de um precipício e a única maneira de consertar isso é que uma delas pule e tente chegar ao outro lado. Uma delas tem que fazer isso.

TVLINE: De preferência Kara, já que ela pode voar.

(Risos) Sim. Mas você entende o que eu quero dizer? Uma delas tem que dar esse salto de fé, sem saber se vai chegar ao outro lado ou se vai cair.

TVLINE: Eu tenho que ser honesto: por mais que eu queira que elas consertem as coisas, é realmente divertido vê-las em desacordo.

É delicioso, eu sei. O que há de tão adorável em Kara e Lena é que levamos anos para construir isso. Não é frequente em um programa de tv que você tenha o luxo do tempo. Foi um privilégio poder contar essa história lentamente. Há tanto peso e tanta ressonância, porque demoramos muito tempo para chegar aqui.

TVLINE: Olhando para o final da metade da temporada domingo, a sinopse diz que Hope se torna uma “peça indispensável” para Lena. Como tem sido trabalhar com Andrea Brooks nessa nova capacidade?

Andrea sempre foi e sempre será uma pessoa indispensável para mim. Se você quiser falar sobre uma super-mulher de verdade, fale sobre Andrea estar grávida de oito meses e trabalhar como regular em duas séries. Essa mulher é inacreditável. E acho que ninguém mais poderia transferir de Teschmacher para Hope. Nas mãos de uma atriz menor, não teria sido tão atraente.

TVLINE: Grande parte da raiva de Lena está relacionada à morte de Lex, mas vimos nos trailers que ele está vivo e bem. Como Lena pode reagir a essa descoberta?

Bem, você está supondo que ele vai ficar bem. É o crossover, tudo pode acontecer. Há cinco episódios para contar essa história, então não sabemos o que vai acontecer. É uma ideia totalmente nova, um mundo totalmente novo, portanto quaisquer presunções talvez sejam equivocadas.

TVLINE: Estou um pouco assustado com esse crossover.

(Risos) Muitos de nós estávamos com medo de entrar nisso. Nós vimos os roteiros e pensamos: “Ai meu Deus, eles estão tentando matar todos nós”. Eu nunca tive tanto respeito pelos prontagonistas das séries. Eu fiquei tipo, ‘Como vocês fazem isso?'”

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *